Fenadoce 2018 é lançada oficialmente em Pelotas

A Prefeitura Municipal de Pelotas recebeu na noite de 17 de maio imprensa e convidados para o lançamento oficial da 26ª Fenadoce, que acontece  de 30 de maio a 17 de junho. Este ano, a feira traz o tema “Nosso Mundo mais Doce”, que visa resgatar a união entre todos, caracterizando uma das marcas da construção de Pelotas, formada pela união entre vários povos.

A magia da noite ficou por conta da apresentação dos personagens do Espaço Arte do Doce, parte integrante da Fenadoce Cultural, um ambiente encantado que propõe uma viagem pela tradição doceira de Pelotas, combinando pinturas, esculturas, mobiliários e objetos que retratam etnias com suas doces contribuições, interpretados por um elenco composto por atores, bailarinos e músicos. Além dos personagens do ano passado: Joaquim e Manuel (portugueses); as doceiras Eugênia (portuguesa) e sua filha Mafalda; Bernadette (francesa); Antonella (italiana) e sua filha Giovanna; Olga (alemã) e sua filha Ema; Nadia, Jana e Dalila (africanas) quatro novos personagens foram apresentados ao público: dois confeiteiros africanos: Mestre Zô e Zuri (Belo); o poeta Antônio das Rosas e a Cantora pelotense Dulce.

A Prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, destacou em sua fala o reconhecimento do conjunto histórico e da tradição doceira pelotense pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural do Brasil, ocorrido essa semana. “Estou muito emocionada de fazer parte desse momento de um reconhecimento inédito para a cidade, fruto de um trabalho coletivo de muitos anos. Isso realmente tocou meu coração pelotense”, disse.

O Conselheiro da CDL Pelotas, Max Teógenes Michels, destacou a força da Fenadoce em levar o nome da cidade para além das fronteiras e contribuir com a manutenção da tradição doceira da região. Também participaram do evento a Corte 2018, formada pela rainha Sara Carolina Silva Dias, as princesas Júlia Moura de La Rocha e Laura Feijó da Silva. Ao final, os convidados receberam como lembrança um papel semente e vasinhos para plantar a semente, em alusão a campanha de estímulo às atitudes mais doces.

Entre as áreas e atrações da Fenadoce 2018  estão a tradicional Cidade do Doce, com cerca de 42 docerias e mais de 200 tipos de doces; o Espaço Arte do Doce, em homenagem a cultura doceira; a Multifeira e Festival de Moda, com tudo em moda e artesanato; Quatro Shows Nacionais; Estância Princesa do Sul, com shows e danças tradicionalistas; Praça de Alimentação com 14 lancherias e 04 restaurantes; Parque de Diversões; Feira de Agricultura Familiar com 62 estandes; Fenadoce Cultural, com 747 apresentações artísticas locais; Festival de Gastronomia e um Ciclo de Negócios. 

Os visitantes da feira ainda tem a chance de provar doces que possuem um selo de procedência, que garante a fabricação pelotense e a qualidade dos produtos. Ao todo são 15 doces tradicionais certificados: Pastel de Santa Clara, Ninho, Bem Casado, Olho de Sogra, Panela de Coco, Beijinho de Coco, Quindim, Amanteigado, Fatia de Braga, Camafeu, Trouxas de Amêndoas, Broinha de Coco, Queijadinha, Papo de Anjo e Doces Cristalizados. O processo de certificação iniciou em 2015 e já abrange 14 docerias.

Foto: Gustavo Mansur